Phil Selway apresenta mais uma música 'It Will End in Tears'

screen-shot-2014-06-23-at-7-32-25-am

 

Nosso querido compositor, cantor e baterista do Radiohead, Phil Selway, segue apresentando as novas canções que serão lançados no seu segundo álbum de estudio, entitulado Weatherhouse.

 

A pérola desta vez é sem dúvida uma das mais belas canções de Phil, a delicada “It Will End In Tears”. Alma e coração certamente serão a tona deste trabalho do musico, que já havia lançado o single “Coming Up For Air”.

 

O novo trabalho de Phil deve chegar no início de outubro. No início também dos trabalho do novo disco do Radiohead.

 

Thom Yorke (SiSi BakBak) confirma colaboração com SBTRKT

tumblr_nb8iybHCj31studzxo1_1280

 

Depois de lançar a nova versão do aplicativo e com mais 8 músicas para nos embientar com possíveis caminhos de Thom Yorke e Cia, hoje veio se confirmar uma especulação datada de 2012. A colaboração entre Yorke e Aaron Jerome, ou melhor, SISI BAKBAK e SBTRKT!!!!

 

Em fevereiro de 2012, SBTRKT lançou o remix do single "Hold On" com a colaboração “anônima” de SISI BAKBAK, especulado pela Pitchfork de ser o frontman do Radiohead, o que veio a se confirmar agora. Aaron Jerome é um dos mais fantásticos e conceituados projetos de eletrônica no cenário atual. E "Hold On" é uma pista onde o delírio futurístico é apenas um holograma de outras profundas dimensões inimagináveis.

 

 

AQUI

Ouça | PolyFauna 2.0 e o estranho universo de Thom Yorke, Nigel Godrich e Stanley Donwood

screen480x480

 

Enquanto ainda não somos saudados com o Lp9 do Radiohead, o estranho e futurístico universo da banda é explorado atraves da nova versao do aplicativo Polyfauna que acaba de ganhar uma nova versão. Em uma infalível colaboração entre Yorke, Nigel e Donwood além da Universal Everything.

 

screen520x924

 

Polyfauna 2.0 possui algumas imagens feitas por Thom Yorke, além de 8 faixas que dão um pequeno aperitivo para aos fãs sedentos por novos quebra cabeças sonoros da banda. O universo explorado é da eletrônica ambiente, elegância e cyberpsicodelia nos convidam ao profundo se perder de vista nas paisagens escuras e solitárias proporcionadas pelo Polyfauna. Oita faixas que ainda não se sabem, se, mostram o que virá no próximo disco da banda ou é uma amostra de algo solo de Thom Yorke que pode ser lançado.

 

Baixe aqui

ou Itunes

 

Uma versão com todas as 8 faixas pode também ser ouvida no Yortube.

 

 

 

Your screen is the window into an evolving world. Move around to look around.
You can follow the portal.
You can wear headphones.

--

Credits:
Thom Yorke - radiohead.com
Nigel Godrich - twitter.com/nigelgod
Stanley Donwood - slowlydownward.com
Universal Everything - universaleverything.com

Phil Selway e Anne Hobbs na BBC 6

p025hqkm

 

Amanhã (30) o nosso querido Phil Selway (que está na iminência de lançar seu segundo álbum solo) estará na BBC 6 Music em uma entrevista sonora ao lado da DJ e jornalista Mary Anne Hobbs. O próximo disco do Phil, chamado “Weatherhouse” tem previsão de lançamento para outubro.

 

BBC

Radiohead Releituras | "Creep" por The Back Noise

1622689_641967382527582_314728030_n

 

Fundada por Donovan Brown e  Victor Ujadughele e descrito pelos mesmos com um som “cru e emocional”, a The Black Noise já lançou um EP e prepara o lançamento do seu debut. O grupo de Los Angeles traz um clássico irretocável aos nossos ouvidos na sua densa releitura de “Creep”. Uma pérola na nossa  Radiohead Releituras desta semana.

 

 

 

 

 

--

Contatos:

www.soundcloud.com/the-black-noise
www.youtube.com/user/theblacknoisemusic
www.twitter.com/blacknoisemusic

Lp9 | Radiohead contagem regressiva # 004 - Cut A Hole

tumblr_lw5vipDaaA1qa80awo1_1280

 

Nossa contagem regressiva (ou seria progressiva?) segue ansiosa para um novo trabalho da banda. Dessa vez a parada é a linda Cut A Hole, que teve seu debut em 2012 no  American Airlines Arena em Miami. Será que está pérola estará no alinhamento do lp9?. Veremos.

 

Office Chart Radiohead Brasil | #0019

1-thumb-600x828-45938

 

 

Ó capitão! Meu capitão! terminou a nossa terrível viagem,
O navio resistiu a todas as tormentas, o prêmio que
buscávamos está ganho,
O porto está próximo, ouço os sinos, toda a gente está
exultante, Enquanto segue com os olhos a firme quilha,

o ameaçador e temerário navio (Walt Whitman)

 

 

Nouvelle Vague - Dancing with Myself
Zaz - Je Veux
You Were So Good To Me (ft Jolie

Holland) - Nick Jaina
Tom Waits - Invitation to the blues
The Smiths – Ask

Andrew Bird - Imitosis
Camille - Au Port
Mr. Tambourine Man (Live at the

Newport Folk Festival. 1964)
The Ruffled Feathers - All My Cities
Jamie Cullum - What a difference a

day makes en live dans RTL JAZZ

FESTIVAL
The Miserable Rich - Ringing The

Changes - Sofar Berlin (#078)

 

Ouve aí

Radiohead na compilação dos 25 anos da XL Recordings

XL-recordings-06-08-14

 

A editora independente britânica XL Recordings, a lançar músicos desde 1989, anunciou a compilação Pay Close Attention, que pretende celebrar os 25 anos da editora. A compilação está dividida em duas partes: uma primeira, dedicada ao underground, com nomes como Dizzee Rascal, SBTRKT ou Jamie xx, e uma segunda parte dedicada aos grandes nomes que marcaram a editora, com destaque para Radiohead, The White Stripes, M.I.A., The Prodigy, Adele ou Bobby Womack, entre outros.

 

A editora comandada por Richard Russell começou em 1989 a lançar artistas dentro do estilo rave music, mas foi incorporando projetos mais abrangentes da música de dança até nomes estabelecidos do pop e do alternativo, contando hoje em dia com artistas como Jack White, Adele, Sigur Rós ou Vampire Weekend, entre outros nomes, nas fileiras. A compilação estará disponível a partir de 25 de Agosto, em vinil, CD e via download.

 

CD 1


1. SL2: ‘DJs Take Control’
2. The Prodigy: ‘Out Of Space’
3. Awesome 3: ‘Don’t Go (Kicks Like A Mule Mix)’
4. Liquid: ‘Sweet Harmony’
5. Jonny L: ‘Piper’
6. Roy Davis Jr. featuring Peven Everett: ‘Gabriel (Live Garage Version)’
7. Dem 2: ‘Destiny’
8. Nu-Birth: ‘Anytime’
9. Basement Jaxx: ‘Jump N’Shout’
10. Dizzee Rascal: ‘I Luv U’
11. Wiley: ‘Igloo’
12. Various Production: ‘Hater’
13. Giggs: ‘Talkin The Hardest’
14. SBTRKT: ‘Wildfire (featuring Little Dragon)’
15. Jamie xx: ‘All Under One Roof Raving’

 

CD 2


1. The Prodigy: ‘Firestarter’
2. Peaches: ‘F**k The Pain Away’
3. The White Stripes: ‘Seven Nation Army’
4. Devendra Banhart: ‘I Feel Just Like A Child’
5. Ratatat: ‘Seventeen Years’
6. MIA: ‘Paper Planes’
7. Thom Yorke: ‘The Eraser’
8. Gil Scott-Heron: ‘New York Is Killing Me’
9. Radiohead: ‘Weird Fishes / Arpeggi’
10. Tyler, The Creator: ‘Yonkers’
11. The Horrors: ‘Sea Within A Sea’
12. Jai Paul: ‘BTSTU (demo)’
13. Bobby Womack: ‘Please Forgive My Heart’
14. The xx: ‘Angels’
15. Sampha: ‘Too Much’
16. Vampire Weekend: ‘Step’
17. King Krule: ‘Easy Easy’
18. Adele: ‘Rolling In The Deep’

 

---

 

Fonte | BODYSPACE

Lp9 | Radiohead Contagem Regressiva #003 - "Honey Pot"

tumblr_mjtnoqtvn61rsvop4o1_500

 

O que era apenas um remix perdido da canção All I Need, ainda do seminal In Rainbows, Thom Yorke e Nigel Godrich trouxeram à tona em um encontro na KCRW em 2013. “Honey Pot” parece ser um belo rabisco que tem tudo para vim no próximo LP da banda.

 

Radiohead é a banda mais influente na música atual para o NME

children-of-bodom-and-videos-radiohead-free-music-343446

 

 

Em sua mais recente edição, o semanário britânico NME fez uma lista com os cem artistas que mais influenciam a música contemporânea. O primeiro lugar ficou com o Radiohead (foto).

O jornal explicou que para chegarem aos 100 nomes, eles deixaram o muitos dos cânones estabelecidos de lado. Assim, nomes como Bob Dylan, Elvis Presley, Who e até os Beatles ficaram de fora, por, segundo eles, não estarem influenciando diretamente os artistas mais novos. Ainda que o som deles esteja obviamente na base de praticamente tudo o que se escuta atualmente.

 

Apesar do critério um tanto discutível, essa decisão abriu espaço para que gente que raramente é lembrada em listas desse tipo aparecessem com destaque - artistas pouco conhecidos como Gun Club, Triffids, The Chills e Nick Lowe acabaram marcando presença no top 100.

 

Ainda assim vemos Black Sabbath, Led Zeppelin Joy Division, Velvet Underground, Bruce Springsteen e David Bowie - este na segunda colocação - na lista.

 

Voltando ao Radiohead, o NME diz que, enquanto na metade dos anos 90, a maioria das bandas estava gastando dinheiro com cocaína e simplesmente ligando um pedal de distorção para fazer seus discos, o quinteto britânico preferiu usar de seu tempo e dinheiro para construir um estúdio onde passaram a buscar sons jamais ouvidos até então.

 

O texto diz que a banda segue nessa trilha inovadora e experimental até os dias de hoje e cita bandas como Arcade Fire, TV On The Radio, Tame Impala e The XX entre os nomes que foram influenciados por eles.

 

Sobre David Bowie (ao lado), o jornal diz que , entre os artistas da "velha guarda", o nome dele é o que os jovens artistas citam com maior regularidade atualmente.

 

Kanye West, White Stripes, The Strokes, The Flaming Lips, Gun Club, Kate Bush, Nick Cave
e The XX foram os outros nomes que ficarm no top 10 dos artistas mais influentes do momento

 

 

----

Fonte: VAGALUME